Gestão Estratégica da inovação

O programa está organizado em módulos de 8 a 24 horas, totalizando 364 horas. Confira a descrição de cada módulo. Clique no título de cada módulo para expandir a descrição.


Objetivos do módulo:

Criar um entendimento conceitual comum entre os alunos sobre os significados da inovação tecnológica e suas implicações para as empresas e para a economia.

Tópicos a serem abordados

  • Conceitos básicos para o entendimento do significado econômico da inovação tecnológica e de sua relação com a produção de C&T.
  • Conceito de inovação tecnológica, tomando a abordagem schumpeteriana como referência.
  • Impactos da inovação para o crescimento das empresas e da economia, com ênfase nos distintos padrões setoriais e nacionais de inovação.

Objetivos do módulo:

Fornecer aos participantes elementos que lhes permitam refletir sobre e trabalhar o planejamento tecnológico e o desenho da estratégia de inovação da empresa, em linha com sua estratégia corporativa e de negócios.

Tópicos a serem abordados

  • Introdução da abordagem estratégica à gestão da inovação tecnológica.
  • Conceitos e ferramentas utilizados no desenho de estratégias de inovação, em empresas cujas estratégias competitivas são ancoradas na inovação. Apresenta-se o escopo e os vetores das estratégias de inovação, além das bases e ferramentas para seu alinhamento à estratégia de negócios da empresa.
  • Examinam-se os enfoques e limites do planejamento estratégico, com foco no Planejamento Estratégico de Tecnologia e Inovação e no mapeamento das características e capacidades tecnológicas da empresa.
  • Introduz-se o modelo de processo de gestão estratégica da inovação.
  • Exploração de técnicas de technology roadmapping para desenho da estratégia de inovação.

Objetivos do módulo:

Este módulo tem como objetivo fornecer aos alunos conhecimentos sobre conceitos e ferramentas da inteligência competitiva focada na análise dos cenários de negócios. Será dada ênfase nas oportunidades tecnológicas e de mercado, no mapeamento das estratégias de concorrentes e na evolução do ambiente regulatório.

Tópicos a serem abordados

  • Conceitos e práticas de prospecção voltadas para a inovação.
  • Métodos e ferramentas - forecasting, foresight, e cenários.
  • Rotinas e exercícios de identificação de tendências tecnológicas com base em análise de patentes.

Objetivos do módulo:

O módulo visa preparar o aluno para o tratamento posterior de temas fundamentais para o curso, como estratégia e gestão da inovação. Dois são os temas do módulo: a vinculação entre a estrutura da indústria, a conduta estratégica e a análise de seu desempenho. O outro tema, tratado de forma preliminar discute eficiência estratégica, principalmente no que se refere ao uso de recursos ociosos da firma e os processos de diversificação. Temas sobre regulação serão tratados com o objetivo de mostrar como a estrutura de mercado condiciona políticas regulatórias.

Neste módulo, a concorrência é vista em seus distintos níveis: entre firmas de um mesmo setor, entre firmas de distintas indústrias, mas principalmente em sua relação com a noção de estruturas de mercado. O módulo também introduz a discussão de novas formas de organização das firmas, para além da concorrência: cadeias, redes e formas híbridas de contratualização.

Tópicos a serem abordados

  • Conceitos básicos: firma, indústria, mercado e concorrência.
  • O paradigma estrutura-conduta-desempenho.
  • Condições determinantes da estrutura: economias de escala; concentração industrial; diferenciação de produto; grau de diversificação e integração.
  • Padrões de concorrência e formação de preços: grau de monopólio.
  • Teoria das barreiras à entrada.
  • Firmas e mercados em um contexto dinâmico: progresso técnico e concorrência; dinâmica das estruturas industriais; estratégias de crescimento da firma.
  • Elementos institucionais: defesa da concorrência e regulação.

Objetivos do módulo:

O objetivo deste módulo é capacitar os alunos em conceitos e ferramentas utilizados na seleção e gestão estratégica de projetos de inovação, com ênfase nas técnicas de gerenciamento de portfólio de P&D.

Tópicos a serem abordados

  • Estratégia competitiva e seleção de projetos de inovação: projetos de desenvolvimento de novos produtos, serviços, processos e tecnologias.
  • Critérios e ferramentas de gerenciamento de portfólio de P&D: critérios de valor, alinhamento estratégico e balanceamento.
  • Matrizes multicritérios.
  • Portfólio de desenvolvimento de tecnologias.
  • Exercícios de formulação e aplicação de critérios de gerenciamento de portfólio.

Objetivos do módulo:

Oferecer aos alunos uma visão integrada dos conceitos e ferramentas atuais do gerenciamento de projetos de inovação.

Tópicos a serem abordados

  • Conceitos e ferramentas de gerenciamento e alinhamento na gestão de projetos de P&D: stage-gate e funil de inovação.
  • Geração e escolha de novos projetos: manutenção do front-end e ideação.
  • Elementos de elaboração do business-case.
  • Ferramentas atuais de gerenciamento de projetos: abordagem do PMBOK.

Objetivos do módulo:

Apresentar e discutir com os alunos os conceitos de gestão de projetos, no que se refere à organização das equipes de inovação, enfatizando os aspectos referentes à competência de liderança.

Tópicos a serem abordados

  • Integração e comportamento de times de inovação em ambientes organizacionais.
  • Liderança em times de inovação e constituição de lideranças.
  • Competências nos times de inovação e competências do gerente de projetos.
  • Formação de equipes.
  • Avaliação do desempenho de equipes.

Objetivos do módulo:

O módulo tem por objetivo apresentar o conceito do Sistema Nacional de Inovação e fazer uma análise do desenvolvimento e consolidação das políticas de CT&I brasileiras.

Tópicos a serem abordados

  • Conceito de Sistema Nacional de Inovação, destacando-se as dimensões nacionais, locais, regionais, setoriais etc., e seus aspectos organizacionais e de governança.
  • Ênfase na utilidade destas dimensões para a definição de estratégias e políticas nacionais, regionais e setoriais.
  • As melhores práticas de políticas no mundo a partir de comparações entre os países da OCDE.
  • Análise das políticas de CT&I no Brasil, situando as empresas brasileiras nesse contexto.
  • Análise da ciência, da pesquisa e da tecnologia feita por diferentes atores (universidades, empresas, instituições de pesquisa).
  • Discussão dos problemas mais significativos de integração e coordenação do sistema nacional de C,T&I, considerando as diferentes perspectivas e estratégias envolvidas.

Objetivos do módulo:

Capacitar os alunos no entendimento das formas e determinantes do crescimento da importância das fontes externas de inovação (ou redes de inovação) e da necessidade de gerenciá-las. Apresentação e discussão de metodologias e ferramentas de gerenciamento das fontes externas de inovação.

Tópicos a serem abordados

  • Emergência de modelos abertos de inovação tecnológica e seus determinantes.
  • Tipos mais importantes de relacionamento com fontes externas de inovação: co-desenvolvimento com fornecedores e clientes; parcerias tecnológicas com empresas e instituições de pesquisa.
  • Modelo de gerenciamento de fontes externas de inovação tecnológica.
  • Metodologia de identificação e qualificação de parceiros para colaboração tecnológica.
  • A busca de oportunidades para fornecimento de produtos ou serviços em cadeias globais de inovação.

Objetivos do módulo:

Capacitar os participantes a lidar com os princípios do desenvolvimento sustentável na gestão dos processos inovativos.

Tópicos a serem abordados

  • Contribuições da Ciência Econômica para a problemática ambiental e para as políticas ambientais.
  • Dimensões regulatórias do meio ambiente: cobrança e mercados ambientais.
  • Valor econômico dos recursos naturais.
  • Técnicas de valoração ambiental.
  • Sistemas de gestão ambiental sob a perspectiva da sustentabilidade: otimização de recursos, ciclo de vida de produtos, produção mais limpa.
  • Estratégias empresariais frente aos princípios do desenvolvimento sustentável.
  • Gestão da inovação sob a perspectiva do desenvolvimento sustentável – Oportunidades baseadas na internalização da variável socioambiental pela empresa e impactos deste processo sobre as inovações tecnológicas

Objetivos do módulo:

Fornecer aos alunos conceitos que lhes permitam compreender aspectos específicos da inovação em atividades de serviços, em comparação com a inovação na indústria de transformação. Serão tratadas, com especial ênfase, as abordagens existentes no emergente campo da gestão da inovação em serviços.

Tópicos a serem abordados

  • A heterogeneidade dos setores de serviços.
  • As abordagens à inovação em serviços: a escola francesa e a escola anglo-saxã.
  • Fontes da inovação em serviços: inovação organizacional, conhecimento profissional e inovação tecnológica.
  • Dinâmicas da inovação em diferentes setores de serviços.
  • Gestão do desenvolvimento de novos serviços: aplicação e limites das rotinas e ferramentas desenvolvidas na indústria

Objetivos do módulo:

Discutir as bases da organização que apoia processos efetivos de gestão da inovação. Discutir as principais abordagens sobre aprendizagem organizacional e gestão do conhecimento, sua aplicação na P&D e experiências em empresas brasileiras.

Tópicos a serem abordados

  • Elementos conceituais sobre formas organizacionais efetivas para a inovação (relação entre organização e inovatividade).
  • Organização, inovação tecnológica e aprendizado organizacional.
  • Gestão do conhecimento em ambientes não-rotineiros: empresas de engenharia e atividades de P&D.

Objetivos do módulo:

Oferecer aos alunos conhecimento sobre as fontes existentes para financiamento preferencial da inovação tecnológica. Apresentar conceitos e ferramentas básicas para cálculo de valor em projetos de inovação tecnológica.

Tópicos a serem abordados

  • Mecanismos, programas e fontes governamentais para o financiamento da inovação.
  • Incentivos fiscais e fontes privadas: venture capital.
  • Demonstrações financeiras e valoração de tecnologias numa perspectiva de comercialização.
  • Gerenciamento financeiro de projetos de inovação: estimativa de valor de tecnologias e projetos tecnológicos.
  • Análise do risco tecnológico.

Objetivos do módulo:

Fornecer subsídios para a compreensão dos contextos econômicos e sociais nos quais se concretizam as estratégias de inovação de países em desenvolvimento. Destacar as diferenças estruturais entre os grupos de países em desenvolvimento. Apontar a importância do ambiente institucional nas oportunidades de desenvolvimento desses países.

Tópicos a serem abordados

  • A evolução do pensamento sobre CT&I e desenvolvimento.
  • A abordagem cepalina.
  • A abordagem neo-schumpeteriana.
  • O papel das empresas multinacionais.
  • Acordos internacionais e limitações ao desenvolvimento.

Objetivos do módulo:

Fornecer ao aluno condições de avaliar e formular estratégias adotadas por subsidiárias de empresas multinacionais, com a finalidade de ampliar suas responsabilidades referentes ao desenvolvimento de inovações e à realização de atividades tecnológicas. O pressuposto é o de que, dentro de certos condicionantes estruturais (como o tamanho do mercado e a escala da operação), mandatos de subsidiárias são resultantes da interação entre estratégias corporativas globais, iniciativas locais e acumulação de competências das subsidiárias. Adota-se primordialmente a perspectiva da subsidiária, mas a questão é também de interesse para empresas locais que se constituem fornecedores de subsidiárias brasileiras.

Tópicos a serem abordados

  • Discussão da integração das atividades tecnológicas de empresas multinacionais, a partir da perspectiva das suas subsidiárias.
  • Transferência de tecnologias entre matriz e subsidiárias localizadas nos países em desenvolvimento, cuja dinâmica tende a ser bastante distinta se comparada à realidade das subsidiárias de empresas instaladas nos países desenvolvidos.
  • Limites da internacionalização de atividades tecnológicas nos países em desenvolvimento.
  • O papel das empresas multinacionais.
  • Casos reais de estratégias de inovação de subsidiárias de multinacionais instaladas no Brasil.

Objetivos do módulo:

Capacitar os participantes para compreender os componentes que envolvem o processo criativo e os fatores pessoais e do ambiente que incentivam a criatividade e a geração de idéias. Além disso, o módulo se propõe a demonstrar o processo de comercialização de tecnologias, bem como o entendimento da influência da inovação nos processos de venda e marketing de tecnologias, produtos e serviços.

Tópicos a serem abordados

  • Criatividade aplicada no contexto de negócios.
  • IDEO e a descrição do processo CPS: Creative Problem Solving
  • Tipificação de tecnologias e o processo de comercialização das mesmas.
  • Valoração de tecnologias: aspectos qualitativos e modelos quantitativos.
  • Inovação em serviços: alavancando o valor de produtos.
  • Cadeia de valor da inovação na formação de produtos, serviços e novos negócios.

Objetivos do módulo:

Oferecer aos alunos conhecimentos e ferramentas básicos para a gestão da propriedade intelectual, além de ressaltar seu papel no processo de inovação tecnológica da empresa.

Tópicos a serem abordados

  • Conceitos gerais sobre o papel da apropriação do conhecimento na dinâmica da inovação tecnológica e na própria geração do conhecimento.
  • Conceitos específicos sobre os campos de proteção à propriedade intelectual.
  • Legislação brasileira.
  • Agências de regulação da propriedade intelectual no Brasil.
  • Questões atuais
  • Gestão da propriedade intelectual e a perspectiva da empresa.

Objetivos do módulo:

Capacitar e instrumentalizar os alunos para participar em processos de criação de novos negócios de base tecnológica.

Tópicos a serem abordados

  • Conceitos básicos sobre empreendedorismo em negócios de base tecnológica – conceitos, estatísticas, facilitadores, empecilhos, oportunidades de novos negócios.
  • Cases de empreendedores.
  • Como construir um plano de negócios.
  • Empreendedorismo corporativo.

Objetivos do módulo:

Fornecer instrumentos para que os alunos possam entender e melhor avaliar o papel da cultura gerencial e inovativa nas organizações; bem como fornecer um panorama sobre a sociedade de consumo contemporânea. O módulo também tem por objetivo proporcionar espaço para discussão e apropriação do significado e das diferentes formas de manifestação do capital humano nas organizações.

Tópicos a serem abordados

  • Cultura: conceito antropológico e prática.
  • Aspectos da cultura gerencial e inovativa brasileira e tendências da sua gestão e da sociedade contemporânea.
  • Consumo: conceituação contemporânea e o papel das marcas nesse contexto.
  • A relação produtor-consumidor e tendências futuras.
  • O papel de uma pessoa na organização.
  • Estratégias organizacionais e de competências.
  • Papel da atividade de RH na gestão das competências que viabilizam a estratégia organizacional.
  • Avaliação das condições organizacionais para inovação.

Objetivos do módulo:

Abordar algumas das principais questões relacionadas aos modelos da relação entre universidade e empresa e a interação com a C&T&I. Incentivar a cultura para parcerias tecnológicas das partes como forma de agregar conhecimentos complementares, compartilhar recurso, minimizar riscos e gerar novos produtos e processos que possam ampliar a capacidade de inovação das empresas.

Tópicos a serem abordados

  • Interação entre o setor público de pesquisa e o setor empresarial.
  • Projetos de parceria e licenciamento de tecnologias, contribuição ao seu entendimento e operacionalização.
  • Gestão e avaliação de parceria.

Objetivos do módulo:

O curso ainda prevê a apresentação e discussão de aspectos metodológicos, técnicas e atividades de orientação aos alunos para elaboração da monografia de conclusão do curso.